Misturador de argamassa

Um exemplo de quão um produto pode ter concorrência equivocada, e precisa ser bem direcionado. O misturador de argamassa da Anvi, é muito diferente dos misturadores de argamassa que parecem uma “mexedora de confeitaria”.

Ouvi isso numa reunião com alguns funcionários da Anvi, nosso cliente desde 2008, que fabrica produtos para a construção civil, entre eles, o carro chefe denominado misturador de argamassa.

A Anvi é uma empresa de décadas, que produz maquinário de nível profissional, e frequentemente, o maior desafio da empresa, é concorrer com as buscas de produtos que não são de fato concorrentes do produto da Anvi. Imagine que você é engenheiro e precisa de um batedor de argamassa, para uma produção enorme, e que vai escoar a argamassa para vários andares acima do nível da rua, numa quantidade enorme, para a construção de um galpão com muitos metros de altura… A Anvi produz equipamentos para esse tipo de demanda. É uma necessidade com foco em produtividade, e esse equipamento não pode ser adquirido em lojas de bricolagem, como a Leroy Merlin, porque ele é um equipamento específico, para aplicações muito diferentes do produto que também é chamado de misturador de argamassa, mas não tem nada a ver com isso… Compare os produtos abaixo:

misturador de argamassa Anvi Misturadores de Argamassa Misturadores de Argamassa

Esses produtos parecem concorrentes entre si?

Pois é, o primeiro, é um misturador de argamassa Anvi com capacidade de bater 300 kg argamassa em 2 minutos, e a Anvi produz misturadores de argamassa com maior capacidade também, mas comparando os três produtos, claramente vê-se que o do meio, que custa aproximadamente R$ 280,00 e o da direita, que custa R$ 28,00 não são concorrentes do primeiro, à esquerda não é?

E justamente porque o mercado não tem regras a seguir, para denominar ou definir os nomes de produtos que utiliza, é que a otimização SEO é importante. Com a otimização de busca orgânica, conseguimos cercar o produto de adjetivos que ele tem como definição popular, e fazer com que o visitante do Google, que é o consumidor que busca o produto, chegue de fato no site da Anvi por exemplo.

E a sua empresa, trabalha para que as buscas do Google a ajudem a vender também?

Converse conosco.